Blog

Como se proteger da doença que voltou a matar, o Sarampo.

Como se proteger da doença que voltou a matar, o Sarampo.

Erradicada no Brasil em 2016, a doença voltou a assustar desde o ano passado, em que mais de 10 mil casos da doença foram registrados.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o sarampo ainda causa mais de 100 mil mortes por ano no mundo todo, e só esse no país, já foram registrados mais de 120 casos até o último levantamento feito em junho.

Um dos motivos da alta dos casos, é baixa cobertura da vacina no país. Apesar de barata e segura, a vacina ainda não atende todas as regiões e também está ligada a outros fatores, como a onda antivacina, que trouxe várias outras doenças que também já estavam erradicadas.

O sarampo é uma doença grave e altamente contagiosa causada por um vírus transmitido da mesma forma que o vírus da gripe, de pessoa para pessoa, através do contato direto e pelo ar, podendo ficar no ar ou em superfícies por horas.

Estima-se que uma pessoa contaminada pode contaminar até 20 pessoas.

A única maneira que existe de se proteger contra o sarampo é tomando a vacina que contém a imunização.

Porém, muitas pessoas não podem ser vacinadas. São elas: crianças menores de um ano, pessoas com o sistema imunológico comprometido, grávidas e idosos que não foram vacinados anteriormente e pessoas com alguns tipos de alergia.

Os sintomas mais comuns do sarampo são:

 - Tosse persistente;

- Febre;

- Corrimento no nariz;

- Irritação nos olhos;

- Mal-estar extremo;

- Manchas avermelhadas na pele do rosto, que progridem para as pernas;

- Manchas brancas dentro da bochecha;

- Também podem ocorrer febre, conjuntivite, convulsões e perda do apetite.

Agendamento

Newsletter

Receba dicas de saúde e ainda fique por dentro das novidades drnamedida!

(c) 2019 • Todos os direitos reservados