Blog

O que fazer quando alguém desmaia?

O que fazer quando alguém desmaia?

Recentemente vimos na tv a jogadora de vôlei Jaqueline desmaiando ao vivo durante uma entrevista e isso chocou muitas pessoas, que em situações como essa, não saberiam o que fazer.

No caso da atleta, o desmaio foi causado pelo excesso de calor, ocasionando uma queda da pressão.

Mas, primeiramente, é preciso entender o que é um desmaio.

Um desmaio é uma defesa do organismo, que, assim como um gerador sobrecarregado, desliga-se repentinamente. É uma reação imediata do nosso corpo quando falta oxigênio no cérebro.

São várias as causas de um desmaio, podendo ser causas simples ou graves, como baixa de glicose no sangue, problemas psicológicos, psiquiátricos, arritmias cardíacas, por isso, deve-se descobrir o mais rápido possível sua causa.

Situações de extremo estresse físico ou emocional também podem causar desmaios. Sempre que a pessoa tem um desmaio, ela deve procurar um médico.

E o que fazer antes e durante um desmaio?

Geralmente, antes de desmaiar, as pessoas podem dar alguns sinais como sudorese, palidez, calor, náusea, visão turva e palpitações. É preciso estar atento a estes sintomas e deitar a pessoa imediatamente, antes que ela desmaie e possa se machucar com a queda.

Com a pessoa deitada, é preciso levantar as duas pernas para cima, para melhorar o fluxo sanguíneo no cérebro. Naturalmente o fluxo de sangue irá voltar ao normal e a pessoa irá acordar.

E após o desmaio?

É preciso tentar identificar as causas do desmaio. Assim que a pessoa voltar, deixe-a calma e faça algumas perguntas a respeito da sua alimentação. No caso da ausência de alimentação, pode haver falta de glicose, e então, comer algo doce pode ajudar a recuperação antes de ir ao médico.

Caso seja medida a pressão arterial e constate que a mesma está baixa, o sal, depois de um tempo, pode ajudar a elevar a pressão sanguínea. Também é recomendado sempre oferecer água.

Agendamento

Newsletter

Receba dicas de saúde e ainda fique por dentro das novidades drnamedida!

(c) 2019 • Todos os direitos reservados